Pular para o conteúdo

Tags populares

7 dicas para proteger seus dados pessoais

Luciana Marques

14.06.21 8 min. ler

Você acha que não é importante proteger seus dados pessoais online porque ninguém está interessado nelas? Ou você acha que ninguém se daria ao trabalho de roubar seus dados? Certamente, a vida digital seria muito mais fácil se fosse esse o caso. No entanto, nenhuma dessas suposições é verdadeira. Abaixo, você encontrará uma explicação detalhada de por que você deve proteger suas informações pessoais e 7 etapas fáceis para fazer isso.

Os criminosos podem ganhar dinheiro com seus dados

Dados pessoais roubados, como números de telefone, senhas, endereços, datas de nascimento etc., podem ser usados ​​para crimes de várias maneiras. Por exemplo, eles podem ser vendidos a outros criminosos e utilizados para apropriação de contas e roubo de identidade. Por isso que proteger os seus dados é essencial.

O roubo de identidade acontece quando alguém usa as informações pessoais de outra pessoa para fins de fraude ou outros crimes. Na prática, isso significa, por exemplo, usar um número de cartão de crédito roubado para comprar mercadorias. Muitas lojas oferecem cobrança, parcelamento ou outros métodos de pagamento baseados em crédito, que os criminosos podem usar com detalhes roubados. O roubo de identidade também pode servir para alguém tomar empréstimos em seu nome. O que é importante notar aqui é que o roubo de identidade é realizado principalmente com pagamentos e empréstimos baseados em crédito. Portanto, sua riqueza real não diminui o risco de se tornar uma vítima.

Muitos também podem pensar que são muito velhos para ser um alvo potencial para roubo de identidade, que não são tão conectados e que não precisam proteger os seus dados. No entanto, a idade não é uma barreira. Os dados pessoais dos idosos também podem ser usados ​​para fraudes. Além disso, os idosos geralmente têm melhor crédito do que as vítimas jovens. E, finalmente, os idosos podem não estar tão bem preparados para detectar e reagir ao roubo de identidade rapidamente. Isso dá aos criminosos tempo para utilizar seus dados pessoais de forma mais eficaz.

Leia mais sobre este tema: Por que os hackers querem suas informações pessoais? >>

As informações pessoais são roubadas em massa e com processos automatizados

Você tem uma conta no Facebook? Mantém uma rede de colegas por meio do LinkedIn? Já criou uma conta em uma loja da web, serviço de mídia social ou serviço de streaming? Sempre que você cria uma conta para um serviço, está fornecendo suas informações pessoais para esse serviço. No mínimo, seu endereço de e-mail e uma senha. E eles podem ser roubados do banco de dados desse serviço. Na verdade, é provável que já tenham sido roubados.

Dados pessoais são roubados em grandes quantidades de uma só vez. Bilhões de registros de dados pessoais são roubados a cada ano de serviços da web. É muito improvável que os hackers queiram roubar especificamente seus dados. Mas eles não precisam. Porque com uma violação de dados bem-sucedida, eles podem roubar os detalhes pessoais de um milhão, ou até mais vítimas. Por exemplo, foi descoberto em 2021 que detalhes pessoais de mais de 500 milhões de usuários do Facebook foram distribuídos gratuitamente na dark web. E esse é apenas um exemplo.

Nem os criminosos costumam ter como alvo ataques de malware ou phishing. São outras formas de roubar dados pessoais. Esse tipo de operação é normalmente altamente automatizado. A distribuição, o roubo de dados e a disseminação do ataque para outras vítimas geralmente não exigem a entrada do criminoso. Não é nada pessoal. Apenas negócios. Mas o que é importante entender é que qualquer um pode se tornar uma vítima.

Leia mais sobre o tópico: Como ocorre o controle de conta >>

Leia mais sobre o tópico: O que é phishing? >>

Sua senha é um elo fraco

Ok, e se alguém roubar seu nome de usuário e senha para, por exemplo, o Facebook? Não há segredo nisso.

Estima-se que mais de 80% dos usuários da Internet usam a mesma senha em muitos serviços. Alguns fazem isso em todos os serviços que usam. Os criminosos estão bem cientes disso. Portanto, quando conseguirem roubar as credenciais de login, eles tentarão usá-las para obter acesso ao maior número possível de serviços da web. O que eles querem acessar são contas online com detalhes de pagamento e dados que possam usar para roubo de identidade. Geralmente, contas como o Netflix, aplicativos de delivery ou as contas de lojas online têm isso.

Este processo também é automatizado. Nenhum criminoso passará seu tempo sentado ao lado do computador, fornecendo milhões de credenciais, uma por uma, a um serviço. Eles usam programas feitos especificamente para fazer a tarefa por eles. E eles fazem isso muito rápido. Se credenciais de login roubadas foram usadas em outros serviços, os criminosos podem acessá-los.

Um exemplo de caso

Todo o processo poderia ser mais ou menos assim. O criminoso A rouba credenciais de login de um milhão de usuários de um banco de dados de serviço de mídia social. Os dados roubados são vendidos na dark web para o criminoso B. Criminal B usa um programa para alimentar todos os 1 milhão de nomes de usuário e senhas para a loja virtual da Amazon com velocidade surpreendente. Claro, nem todas as credenciais roubadas funcionam lá. Mas mesmo que 1% deles o faça, o criminoso B apenas desbloqueou 10.000 contas. Um deles pode ser seu.

Como proteger informações pessoais online? 7 dicas fáceis

Podemos então concluir que seus dados são valiosos para os hackers, afinal. É por isso que proteger os seus dados pessoais e sua identidade online é importante. Felizmente, isso realmente não requer muito esforço. Muitas vezes, apenas dificultar as coisas para os hackers pode evitar o roubo de identidade. Leia abaixo 7 dicas fáceis sobre como proteger dados pessoais online.

  1. Use senhas fortes e exclusivas

As senhas podem ser um elo fraco, mas usá-las corretamente pode ajudá-lo a proteger as informações pessoais online. Quando você usa uma senha exclusiva para cada conta online, os hackers não conseguem invadir todas elas depois de roubar uma senha. Parece muito simples, mas é extremamente importante se você deseja proteger sua identidade online.

As senhas também devem ser complexas o suficiente. Uma senha simples pode ser facilmente quebrada. Portanto, quanto mais longa a senha, mais forte ela é. Você pode usar uma frase e trocar letras por números. Mas ainda melhor é se você criar uma senha da qual não se lembra.

Leia mais sobre este tema: Ataques de roubo de identidade são ativados por senhas fracas >>

  1. Um gerenciador de senhas ajuda você a usar suas senhas com segurança

Um gerenciador ou cofre de senhas é uma ferramenta muito útil. Com ele você pode salvar todas as suas senhas, códigos PIN, números de cartão de crédito e outras credenciais com segurança. Eles estão sempre disponíveis quando você precisa deles e você nunca os esquecerá. Tudo que você precisa é de uma senha para acessar o cofre seguro. Como as senhas são salvas apenas no dispositivo em que o aplicativo está instalado (e em qualquer outro dispositivo ao qual você deseja vinculá-lo), elas não podem ser roubadas online. Um bom gerenciador de senhas também ajuda a criar senhas novas e fortes em vez de senhas antigas. Ao entrar em serviços online, você pode copiar e colar senhas automaticamente do seu gerenciador de senhas.

  1. Use autenticação de 2 fatores

Também conhecida como autenticação multifator, ela adiciona outro requisito de login para suas contas online. Pode ser sua impressão digital ou um código único enviado em uma mensagem de texto ou para o seu email. Dessa forma, mesmo que alguém conseguisse roubar sua senha, ainda seria necessário obter sua impressão digital ou o código único para obter seus detalhes.

Leia mais sobre este tópico: Autenticação de dois fatores: o que é e como ativá-la >>

  1. Obtenha proteção contra malware e vírus

Informações pessoais e senhas também podem ser roubadas de seu dispositivo. O malware pode registrar suas teclas digitadas e espionar o que você está fazendo na web. O antivírus bloqueia o malware e evita que ele roube suas informações. Já o antivírus é crucial para proteger os dados pessoais.

  1. Não forneça informações pessoais desnecessárias para serviços da web

Muitos serviços e aplicativos online solicitam que você forneça suas informações pessoais. As informações são salvas em seus bancos de dados. Infelizmente, você não pode impedir que criminosos invadam esses bancos de dados e roubem seus dados. No entanto, você pode ocultar informações que não são de preenchimento obrigatório em um cadastro. Quando há menos dados sobre você online, os criminosos têm menos chances de roubá-los. É sempre bom considerar porque as informações são necessárias em primeiro lugar.

  1. Verifique se seus dados já foram roubados

O verificador de roubo de identidade gratuito da F-Secure informa instantaneamente se seus dados pessoais fizeram parte de uma violação de dados. Nesse caso, os criminosos já podem ter acesso aos seus dados. O serviço gratuito envia um relatório para o seu endereço de e-mail com informações detalhadas sobre possíveis violações. Você também receberá instruções sobre como proteger seus dados. O serviço é totalmente gratuito e não salva seus dados. Experimente aqui. >>

  1. Use proteção de identidade

Violações de dados acontecem o tempo todo. Mesmo se você fizer tudo certo, é possível que seus dados ainda vazem online. Quando ocorre uma violação de dados, é importante agir rápido. Detalhes roubados podem não ser usados ​​imediatamente. É por isso que alterar rapidamente sua senha pode evitar o roubo de identidade. Mas como você descobre se seus dados foram violados?

A resposta é monitoramento de identidade 24 horas por dia, 7 dias por semana. Você receberá um alerta quando uma violação de dados, incluindo seus detalhes, é detectada. O gerenciador de senhas F-Secure ID PROTECTION faz tudo isso e também funciona como um gerenciador de senhas. Além disso você pode utilizar um antivírus. O F-Secure SAFE é tudo que você precisa para se manter seguro on-line e proteger seus dados pessoais.

Luciana Marques

14.06.21 8 min. ler

Categorias

Artigo em destaque

O que é um Infostealer?

Luciana Marques

15.07.21

9 min. ler

Posts relacionados

Newsletter modal

Obrigado por se inscrever na newsletter da f-Secure. Em alguns momentos você receberá um email confirmando a sua inscrição.

Gated Content modal

Parabéns – Agora você já pode acessar o conteúdo clicando no botão abaixo.